5 DST desconhecidas e a forma de evitá-las

As doenças sexualmente transmissíveis (DST) são o contra-ponto do amor, a antítese do sexo. Elas ocupam um lugar de destaque entre as doenças que acometem a população sexualmente ativa no Brasil e no mundo e seus meios de contaminação e propagação atingem até os que não iniciaram a vida sexual, como no caso de recém nascidos que se tornam vítimas ainda no útero ou no momento do parto por via baixa.

Aliados a falta de cuidados e responsabilidade, fatores como turismo sexual, facilidade de locomoção, ausência de moral e promiscuidade sexual aumentam a incidência das DST.

Como todos sabemos, as doenças sexualmente transmissíveis podem ser evitadas com uma simples camisinha, mas mesmo assim ela se apresenta como um inimigo crescente entre a população. A DST pode acarretar em finais desastrosos para a família. Nas gestantes, os casos de aborto, infertilidade, partos prematuros, infecções intra útero, cervicite, crescimento intra uterino retardado, gravidez ectópica e morte do feto estão intimamente ligados às DST.

CANDIDIASE

A candidíase é uma doença provocada por fungo e que deve ser tratada com antimicóticos.
Suas manifestações podem ser diferentes nos vários indivíduos, mas elas têm algo em comum, pois provocam grande desconforto vaginal. Relacionada também com a alimentação, a candidíase, muitas vezes, pede ao organismo que retome um cardápio saudável para que o tratamento venha a surtir efeito mais rápido e prolongado. Verificar as origens ou os antecedentes da candidíase é muito importante, pois facilita o diagnóstico e a compreensão do tratamento.

Os meios de trasmissão são através do contato sexual, ou secreções da boca, pele e dejetos de portadores ou doentes.

Fatores predisponentes para aparecimento de candidiase:

•  gravidez
•  antibioticos
•  imunosupressores
•  diabetes
•  vestimentes apertadas, tecidos sintéticos e substancias irritativas

O sistema imunológico é responsável por manter sob controle o crescimento da Candida albicans. Entretanto, se por alguma razão o sistema se tornar deprimido, ou também diante do uso prolongado de antibióticos, pílulas anticoncepcionais, esteróides como a prednisona, o sistema imunológico já não pode mais controlar o crescimento desse fungo. Com o crescimento descontrolado, ele pode causar uma série de problemas.

O diagnóstico é feito através do exame ginecológico, além de exames de laboratório e do Papanicolau, onde o material é colhido e analisado microscopicamente.

TRICOMONIASE

Tricomoníase é uma doença sexualmente transmissível que pode ser tratada e que não ocasiona problemas de saúde mais graves. É uma infecção causada pelo protozoário Trichomonas vaginalis, que se aloja no colo do útero, na vagina e/ou na uretra.

O contágio é por meio de secreções durante a relação sexual sem preservativo, com parceiro contaminado.

Quanto aos sintomas, muitas mulheres não os apresentam e quando ocorre, o principal sintoma é o corrimento amarelo-esverdeado, com mau-cheiro, ardor, dor durante a relação sexual, desconforto ao urinar e prurido vaginal.

A maioria dos homens não apresenta sintomas. Quando isso acontece, consiste em uma irritação na ponta do pênis, ardor uretral e secreção amarelada.

O período de incubação é de 10 a 30 dias, em média.

A utilização do preservativo masculino ou feminino e o tratamento simultâneo do parceiro são formas de prevenir a tricomoníase.

O diagnóstico é clínico, através de exames microscópicos, de laboratório ou pelo Papanicolau.

O tratamento é feito à base de antibiótico, metronidazol por via oral. As relações sexuais devem ser suspensas até o término do tratamento e até que todos os sintomas tenham desaparecido. Não é permitido ingerir bebida alcoólica, pois a interação com o medicamento pode ocasionar náuseas e vômitos intensos. Em homens, os sintomas podem desaparecer após algumas semanas, mesmo sem tratamento.

Quando não tratada, a tricomoníase pode provocar complicações durante a gravidez, como por exemplo, ruptura da bolsa antes da hora e bebê abaixo do peso.

Recomenda-se não usar a medicação nos 3 primeiros meses de gravidez.

CONDILOMA ACUMINADO

O condiloma acuminado é uma lesão na região genital, causada pelo Papilomavirus Humano (HPV). A doença é também conhecida como crista de galo, figueira ou cavalo de crista.

O HPV provoca verrugas, com aspecto de couve-flor e de tamanhos variáveis, nos órgãos genitais. Pode ainda estar relacionado ao aparecimento de alguns tipos de câncer, principalmente no colo do útero, mas também no pênis ou no ânus. Porém, nem todo caso de infecção pelo HPV irá causar câncer.

A infecção pelo HPV é muito comum. Esse vírus é transmitido pelo contato direto com a pele contaminada, mesmo quando essa não apresenta lesões visíveis. A transmissão também pode ocorrer durante o sexo oral. Há, ainda, a possibilidade de contaminação por meio de objetos como toalhas, roupas íntimas, vasos sanitários ou banheiras.

Não existe forma de prevenção 100% segura, já que o HPV pode ser transmitido até mesmo por meio de uma toalha ou outro objeto. Calcula-se que o uso da camisinha consiga barrar entre 70% e 80% das transmissões, e sua efetividade não é maior porque o vírus pode estar alojado em outro local, não necessariamente no pênis, mas também na pele da região pubiana, períneo e ânus. A novidade é a chegada, ainda em 2006, da primeira vacina capaz de prevenir a infecção pelos dois tipos mais comuns de HPV, o 6 e o 11, responsáveis por 90% das verrugas, e também dos dois tipos mais perigosos, o 16 e o 18, responsáveis por 70% dos casos de câncer de colo do útero. Ainda em discussão os valores para dose (3 doses), para o mercado privado brasileiro.

Na maioria das vezes os homens não manifestam a doença. Ainda assim, são transmissores do vírus. Quanto às mulheres, é importante que elas façam o exame de prevenção do câncer do colo, conhecido como "papanicolau" ou preventivo, regularmente.

O tratamento do HPV pode ser feito por meio de diversos métodos: químicos, quimioterápicos, imunoterápicos e cirúrgicos. A maioria deles destruirá o tecido doente.

CLAMIDIA

A clamídia é uma doença sexualmente transmissível comum causada pela bactéria chlamydia trachomati, a qual pode danificar os órgãos reprodutores da mulher. Ainda que os sintomas da clamídia sejam geralmente moderados ou ausentes, ela pode gerar complicações sérias que causam danos irreversíveis, incluindo infertilidade, antes que a mulher reconheça o problema. Clamídia também causa secreção no pênis de homens contaminados.
A clamídia pode ser transmitida durante o sexo vaginal, anal ou oral. Clamídia também pode ser passada da mãe infectada ao bebê durante o parto natural.

Qualquer pessoa sexualmente ativa pode ser infectada com clamídia. Quanto maior o número de parceiros sexuais, maior o risco de infecção. Uma vez que o cérvix (entrada para o útero) de garotas adolescentes e mulheres jovens não está totalmente amadurecido, ele está sob risco particularmente alto de infecção em atividades sexuais. Já que clamídia também pode ser transmitida pelo sexo oral ou anal, relações homossexuais masculinas também apresentam risco.

GARDNERELLA OU VAGINOSE BACTERIANA

É provocado por uma bactéria Gardnerella vaginalis ou por outras bactérias. Causa um odor desagradável principalmente durante a menstruação e nas relações sexuais.
O Centers for Disease Control and Prevention nos EUA define que esta doença pode estar relacionada com um novo parceiro sexual ou múltiplos parceiros sexuais.

Segundo o CDC a maneira de evitar esta doença seria não ter relações sexuais ou contato sexual, limitar o número de parceiros sexuais próprios, não fazer duchas vaginais sem recomendação médica, e fazer o tratamento completo recomendado pelo médico.

O tratamento é a base de antibióticos e pode ser estendido ao parceiro. No homem não há sintomas da doença.

É diagnosticado pelo exame clínico, exames de laboratório e papanicolau. Pode também ser diagnosticado por um teste químico realizado no próprio consultório médico.

celebrando_a_vida_google

Baixe GRÁTIS Um Livro Sobre Gravidez

Livro responde todas as suas dúvidas sobre a gravidez, o parto e o pós-parto que surgem nesta etapa tão importante da sua vida!

Pronto! Agora confira o link enviado em seu email! Confira também a caixa de spam.

26 comentários
  1. Posted by Rodrigo Piva
  2. Posted by Estranha
  3. Posted by Caroool
  4. Posted by josé
  5. Posted by Rod
  6. Posted by juca
  7. Posted by edgar denis
  8. Posted by leidiane da silva anastacio
  9. Posted by LEANDRO EGIDIO MACHADO TOLEDO
  10. Posted by LEANDRO EGIDIO MACHADO TOLEDO
  11. Posted by Natália C.
  12. Posted by sOriaane
  13. Posted by adriana
  14. Posted by jullian
  15. Posted by mon
  16. Posted by amanda
  17. Posted by claudio
  18. Posted by claudio
  19. Posted by claudio
  20. Posted by kellen
  21. Posted by Josiianny
  22. Posted by Josiianny
  23. Posted by André
  24. Posted by larissa
  25. Posted by larissa
  26. Posted by Raí

Deixe um comentário

celebrando_a_vida_google

Baixe GRÁTIS Um Livro Sobre Gravidez

Livro responde todas as suas dúvidas sobre a gravidez, o parto e o pós-parto que surgem nesta etapa tão importante da sua vida!

Pronto! Agora confira o link enviado em seu email! Confira também a caixa de spam.