Aborto

"Vou fazer um aborto." O aborto é, certamente, o assunto mais polêmico e delicado que existe no que condiz ao assunto reprodução humana. O aborto pode ocorrer de maneira espontânea ou induzida, e apenas é considerado legal nos casos previstos em lei. A interrupção da gravidez por conta própria é crime contra a vida e é proibido no Brasil.

Aborto espontâneo

O aborto espontâneo é quando a gravidez é interrompida sem que haja qualquer interferência da gestante, e pode ser causado por diversos fatores.

O aborto espontâneo costuma ocorrer antes da vigésima semana de gravidez, quando o feto não é desenvolvido o suficiente para viver fora do útero e portanto é impossível fazê-lo sobreviver. A maioria dos abortos espontâneos ocorre dentro das primeiras 14 semanas de gravidez. Em torno de 15% das gestações conhecidas terminam em abortos.Em muitos casos acredita-se que um feto abortado não está se desenvolvendo normalmente. É considerado um evento acidental e vários fatores podem contribuir para essa situação: doença materna, como rubéola, doença cardíaca ou renal grave, diabetes ou doenças da tireoide; anormalidades no útero; o uso de drogas pela mãe; exposição da mãe a substâncias tóxicas ou certos poluentes ambientais, entre outros fatores.Os sintomas de um aborto espontâneo são sangramento e contrações uterinas. Nesse momento, a gestante deve ser imediatamente levada ao médico, que pode ser capaz de examiná-la e confirmar se um aborto espontâneo ocorreu.

Aborto

Entenda como ocorre o aborto

Aborto induzido

O aborto induzido é usado quando a mulher deseja interromper a gravidez. Mas isso só poderá ocorrer em casos específicos previstos por lei como no estupro, na possibilidade de a criança nascer com sérios problemas de saúde ou no caso da mulher correr risco de vida ou riscos na saúde física ou psíquica. O procedimento deve ser feito por médicos experientes e em condições adequadas.

Existe infelizmente a prática do aborto ilegal. Ele é considerado ilegal quando a mulher interrompe sua gravidez sem motivos que estão na legislação, ou quando o aborto é feito em locais que não estão oficialmente reconhecidos para a realização do procedimento. É considerado CRIME e não existem hospitais ou clínicas especializadas autorizadas no Brasil. Algumas pessoas apelam para plantas e chás que causam o aborto, mas o risco à saúde e à vida é muito grande.

O aborto induzido ilegal pode causar sequelas físicas e psicológicas para a vida toda. Ele traz diversas complicações, como expulsão incompleta do feto, hemorragias ou infecções graves, e no caso do aborto cirúrgico, podem ocorrer perfurações uterinas ou lacerações cervicais que podem levar à morte.

29 comentários
  1. Posted by karla
  2. Posted by ST
  3. Posted by ST
  4. Posted by mauricio
  5. Posted by gabriela
  6. Posted by Maria Júlia
  7. Posted by ana Flavia
  8. Posted by W..
  9. Posted by camila
  10. Posted by COS
  11. Posted by mara araujo
  12. Posted by Ana Maria
  13. Posted by jeicyane.
  14. Posted by DAIANE
  15. Posted by chris
  16. Posted by myla
  17. Posted by malena
  18. Posted by Leni
  19. Posted by ROSENI
  20. Posted by fabiana marciano dias
  21. Posted by josy sousa
  22. Posted by amanda
  23. Posted by alessandra
  24. Posted by mirela
  25. Posted by karolayne
  26. Posted by Mary
  27. Posted by sisi
  28. Posted by Fernanda cristina
  29. Posted by rebeca

Deixe um comentário