Anticoncepcional

Há mais de meio século, a invenção da pílula anticoncepcional revolucionou a vida das mulheres. Atualmente, cerca de 100 milhões de mulheres ao redor do mundo utilizam a pílula como método contraceptivo. Ela não protege contra DST´s, mas evita a gravidez indesejada.

Desde a invenção da pílula, nos anos 60, o anticoncepcional não saiu mais de “moda”, e evoluiu para outras formas, como o anticoncepcional injetável, o adesivo contraceptivo e o implante contraceptivo subcutâneo. Porém muitas dúvidas, mitos e falta de informações adequadas ainda cercam o uso do anticoncepcional. Será mesmo que anticoncepcional engorda? É possível engravidar tomando anticoncepcional? Qual o efeito do anticoncepcional a longo prazo? Ele pode levar à esterilidade? Como tomar anticoncepcional? A pilula dia seguinte pode ser considerada um anticoncepcional?

Anticoncepcional

Tudo sobre anticoncepcional

Anticoncepcionais

Existem cuidados essenciais no acompanhamento das mulheres que usam anticoncepcionais hormonais, sejam em pílula, injetáveis, em adesivos ou em implantes. O médico deve dar uma atenção especial aos antecedentes pessoais e familiares da candidata ao uso de anticoncepcionais hormonais, observando se há o histórico em doenças e riscos cardiovasculares das pacientes. Importante também contar ao médico se você é fumante, pois é arriscado o uso de contraceptivos hormonais junto à nicotina. Além disso, é importante realizar medições regulares da pressão arterial, uma vez que complicações cardíacas e/ou vasculares como o infarte e o tromboembolismo venoso estão relacionados ao uso do anticoncepcional.

Anticoncepcional engorda?

Muitas mulheres morrem de medo de tomar pílula anticoncepcional e comprometer a forma física. Porém , estudos mostraram que isto pode não ser completamente verdadeiro, já que foi avaliada a variação de peso de 128 mulheres que tomaram anticoncepcionais durante 4 meses. O resultado foi que 72% das pacientes não apresentaram qualquer alteração de peso no final do período.

Tomar anticoncepcional melhora a acne? Parar de tomar anticoncepcional dá acne?

Os anticoncepcionais diminuem o aparecimento da acne. Por outro lado, em alguns casos raros, a acne pode ser um efeito colateral da pílula.

Existem remédios que anulam o efeito do anticoncepcional?

A ampicilina, por exemplo, é um antibiótico bastante comum e utilizado no tratamento de infecções urinárias, amigdalites e pneumonias e pode sim reduzir a eficácia dos anticoncepcionais. Outros medicamentos como as drogas anti-convulsivantes, que são utilizadas no tratamento da epilepsia, também podem diminuir a eficácia dos anticoncepcionais. Antes de usar anticoncepcional, converse com seu médico sobre essas interações medicamentosas.

Tomar anticoncepcional pode dar câncer?

O risco de desenvolver câncer de mama é praticamente o mesmo entre quem usa e quem não usa anticoncepcionais hormonais. Já no  caso de tumores malignos do útero e do ovário, a pílula na verdade faz um efeito protetor: as usuárias de anticoncepcionais apresentam metade do risco de câncer de endométrio e ovário das mulheres que não usam.

Anticoncepcional faz mal para o cabelo?

Pelo contrário. Algumas pílulas mais modernas de baixa dosagem ajudam no tratamento de queda de cabelo e acne, por exemplo.

Mulheres que tomam Pílula demoram mais para engravidar quando param?

O uso da pílula não afeta a fertilidade da mulher, porém algumas demoram um pouquinho mais a se adaptar à nova realidade, e o corpo  delas também. Mas nada que atrapalhe na realização do sonho de ser mãe!

Quem não pode tomar anticoncepcionais:

Mulheres com Tromboflebite ou distúrbio tromboembólico ou história de coagulopatia; mulheres com história de derrame cerebral; mulheres com história de doença arterial coronariana, angina, ataque cardíaco, insuficiência cardíaca ou valvulopatia cardíaca; mulheres com insuficiência renal; mulheres com antecedentes ou suspeita de câncer de mama ou câncer em órgãos reprodutivos; mulheres com tumor de fígado ou hepatite aguda.

Se você é fumante, tem mais de 35 anos de idade, tem dores de cabeça após o uso de contraceptivos orais, tem diabetes, tem sangramento uterino sem causa conhecida, está amamentando, tem doenças na vesícula, doenças no rim, no coração, é dependente de álcool ou drogas, seja sincera com seu médico. É importante que ele saiba exatamente o que se passa com você para receitar corretamente o anticoncepcional e não colocar sua saúde em risco.

31 comentários
  1. Posted by Jessica
  2. Posted by Jessica lima
  3. Posted by michelle Santos Nascimento Eugenio
  4. Posted by josa
  5. Posted by maria souza
  6. Posted by carla
  7. Posted by ana paula
  8. Posted by leticia rosa
  9. Posted by Lilica
  10. Posted by andreza
  11. Posted by Giovanna
  12. Posted by carol
  13. Posted by juliana
  14. Posted by andresia aparecida
  15. Posted by Marinéia
  16. Posted by Melissa
  17. Posted by Déborah Lima
  18. Posted by Veronica
  19. Posted by Anderson
  20. Posted by Tiago
  21. Posted by Aparecida
  22. Posted by tarci
  23. Posted by Larissa
  24. Posted by fabianalima
  25. Posted by Maya ferreira
  26. Posted by Sara
  27. Posted by Jéssica Beuren
  28. Posted by Greicy Kelly
  29. Posted by natalia
  30. Posted by Camila
  31. Posted by Jocilene Rabello

Deixe um comentário