Estrias na Gravidez

Por que as estrias são tão comuns na gravidez? O que podemos fazer para prevenir ou amenizar o aparecimento das estrias na gravidez ao longo dos nove meses?

Alimentação, cuidados com a pele, e diversos outros fatores podem contribuir para o aparecimento das temidas estrias, que podem ou não perdurar mesmo depois do final da gravidez. Entenda como funciona esse processo e o que fazer.

Estrias na gravidez

As estrias na gravidez são muito comuns. Elas são lesões cutâneas lineares, ou “riscas” na pele, que surgem principalmente nas coxas, quadris, nádegas e, no caso das gestantes, sobretudo na barriga e nos seios.

As estrias da gravidez aparecem por conta da ruptura das fibras da pele. Na gravidez, tanto o estiramento da pele como a avalanche hormonal pela qual o corpo da futura mamãe passa são os culpados pelo surgimento delas.

Por que as estrias aparecem durante a gestação?

Por que as estrias aparecem durante a gestação?

Estrias vermelhas na gravidez

Quando as estrias vermelhas na gravidez aparecem, significa que são estrias jovens, ou seja, elas são recentes e, dessa forma, tem maior possibilidade de serem revertidas. Reforçando o cuidado com a alimentação, caprichando na hidratação da pele com cremes e ingestão de bastante água, e evitando o uso de roupas muito apertadas, essas estrias avermelhadas tendem a desaparecer com o final da gravidez.

Como evitar estrias na gravidez

Apesar de serem tão comuns, há como evitar estrias na gravidez? Ter certeza de que elas não aparecerão é impossível, mas alguns cuidados podem diminuir e muito a chance do aparecimento ou permanência destas estrias durante e mesmo após a gestação.

A estria na gravidez aparece, entre outras razões, por conta do estiramento da pele, que é causado pelo aumento de peso. Na gestação é comum, natural e até necessário o ganho de peso, mas atenção para não engordar demais. Além de ser mais difícil perder peso depois, sua pele certamente ficará marcada por conta disso, e para evitar estrias na gravidez, esse é um cuidado muito importante a ser observado.

Para proteger os seios das estrias, não deixe de usar sutiã de sustentação com alças largas. Para a barriga, escolha calcinhas de cintura alta, especiais para mulheres grávidas. Use cremes com propriedades nutritivas e hidratantes, mas antes converse com seu médico para saber quais substâncias você pode utilizar na pele sem medo.

Alimente-se bem e beba muita água, hidratando o corpo também internamente.

Estrias na gravidez como tratar?

Se mesmo com toda a prevenção as estrias teimaram em aparecer, como tratar? Saiba que nisso a genética também conta: mulheres que tem mães ou avós com estrias estão mais propensas ao aparecimento dessas marcas, portanto os cuidados devem começar na verdade desde antes da gestação, e perdurar para sempre.

Existem diversos tratamentos podem suavizar e eliminar as estrias, porém eles só podem ser aplicados quando a futura mamãe parar de amamentar, ou seja, até lá, as estrias jovens já clarearam e fixaram terreno na pele da mulher. Portanto, o ideal sempre é prevenir, começando os cuidados com a pele já no comecinho da gravidez, pois as estrias costumam surgir ou se agravar por volta do sexto mês.

Creme para estrias na gravidez

E qual é o melhor creme para estrias na gravidez, que pode ser usado sem medo pela gestante? Lembre-se que, antes de usar qualquer creme, óleo, pomada hidratante, ou qualquer outro produto do tipo, é importante conversar com o seu médico, pois só ele pode autorizar ou não o uso de determinadas substâncias.

Aprenda a prevenir o surgimento das estrias na gravidez

Aprenda a prevenir o surgimento das estrias na gravidez

Usar qualquer creme, mesmo que pareça inofensivo, pode fazer mal ao bebê, portanto tome cuidado! Normalmente, as mamãe preferem os produtos mais naturais, com menos corantes e menos químicas, como o óleo de amêndoas e cremes específicos para grávidas.

Estrias depois da gravidez

Agora que já sabemos como prevenir estrias na gravidez, a dúvida é: e depois da gravidez? Bom, se a grávida tomou todos os cuidados com a sua pele, possivelmente chegará com poucas ou nenhuma estria ao final do gestação. Algumas dessas estrias desaparecerão sozinhas, e outras podem persistir. Nesse caso, se as estrias não arredarem o pé e teimarem em marcar a pele, o jeito é recorrer para os tratamentos estéticos que amenizam e até mesmo removem as linhas. Porém, muita atenção: qualquer que seja o tratamento escolhido, você só pode fazê-lo após o período de amamentação e com a autorização do seu médico. É bom para você e é bom para o seu bebê que acaba de chegar!

celebrando_a_vida_google

Baixe GRÁTIS Um Livro Sobre Gravidez

Livro responde todas as suas dúvidas sobre a gravidez, o parto e o pós-parto que surgem nesta etapa tão importante da sua vida!

Pronto! Agora confira o link enviado em seu email! Confira também a caixa de spam.

Deixe um comentário

celebrando_a_vida_google

Baixe GRÁTIS Um Livro Sobre Gravidez

Livro responde todas as suas dúvidas sobre a gravidez, o parto e o pós-parto que surgem nesta etapa tão importante da sua vida!

Pronto! Agora confira o link enviado em seu email! Confira também a caixa de spam.