Gravidez aos 30 anos

Há alguns anos, a notícia de uma gravidez depois dos 30 anos de idade não era vista com bons olhos. Isso porque as probabilidades de problemas ocasionarem em um final não muito feliz eram muito grandes. Mas nos dias atuais, com o avanço da medicina e das técnicas de fertilização em laboratório, uma gravidez depois dos 30 (e até mais) está tão normal quando uma gravidez aos 20. Isso é muito bom pois existe ainda o fator mulher na sociedade, que preza pela sua carreira profissional e, cada vez mais, adia a maternidade.

Claro que uma gravidez depois dos 30 ainda é considerada uma gravidez de risco e todos os cuidados devem ser tomados com acompanhamento médico do primeiro ao último dia. Porém, planejar uma gravidez para um momento mais maduro já é possível.

Nem sempre a jornada é fácil e a mulher deve estar preparada. Essa matéria, por exemplo, é baseada na história de Stacie Krajchir, uma jornalista que, após uma carreira consolidada, resolveu engravidar aos 40 anos e enfrentou muitas dificuldades como uma cirurgia para retirada de miomas, três abortos consecutivos e séries de acupuntura com o intuito de engravidar.

Com sua experiência, ela afirma que a mulher que deseja engravidar pode tentar de todas as formas, mas é preciso um certo planejamento e encarar a realidade de que as coisas podem ser difíceis e que as tentativas nunca devem ameaçar a sua saúde.

Stacie, que é colaboradora do site The Huffington Post (em inglês), resolveu compartilhar sua experiência com mulheres com mais de 30 que querem engravidar. Veja as dicas de quem sabe do que está falando:

Nos dias atuais, não existe um “momento certo” para engravidar, mesmo que isso signifique interromper temporariamente a carreira profissional. Nos dias atuais as empresas estão bem mais flexíveis em relação das necessidades femininas.

Momento difícil: Você deve estar preparada e encarar a realidade de que com mais de 30 anos de idade, cerca de 20% das gestações são interrompidas por aborto.

Se você se deparar com problemas relacionados à fertilidade, saiba que existem diversas técnicas diferentes e tratamentos de fertilização em laboratório.

Estar com os exames em dia é fundamental neste momento, assim você saberá mais sobre a saúde dos seus óvulos. Atualmente, através de um ultrasom é possível descobrir a quantidade de folículos basais. Os exames também são importantes para ajudar a encontrar o melhor tratamento para os óvulos que envelhecem precocemente.

O seu parceiro também deve fazer exames, principalmente um espermograma. Em muitos dos casos, o problema está com ele.

Alterações nos níveis de progesterona e miomas também podem representar problemas para a fertilidade.

Considere a possibilidade de realizar o sonho da maternidade com a adoção de uma criança ou mesmo a opção de engravidar com doadores de esperma. É uma decisão difícil, mas podem ser os últimos recursos.

celebrando_a_vida_google

Baixe GRÁTIS Um Livro Sobre Gravidez

Livro responde todas as suas dúvidas sobre a gravidez, o parto e o pós-parto que surgem nesta etapa tão importante da sua vida!

Pronto! Agora confira o link enviado em seu email! Confira também a caixa de spam.

1 comentário
  1. Posted by erika

Deixe um comentário

celebrando_a_vida_google

Baixe GRÁTIS Um Livro Sobre Gravidez

Livro responde todas as suas dúvidas sobre a gravidez, o parto e o pós-parto que surgem nesta etapa tão importante da sua vida!

Pronto! Agora confira o link enviado em seu email! Confira também a caixa de spam.