Gravidez e Aids :: Riscos e cuidados

É fundamental que todas as gestantes realizem testes para identificação de uma possível infecção pelo vírus HIV.

Trata-se de um exame de rotina feito na avaliação pré-natal. Este exame é muito importante, pois existem tratamentos reduzem drasticamente a chance de uma transmissão durante a gravidez, parto e amamentação.

Isso significa que, mesmo que a mãe esteja infectada pelo HIV, é possível que o bebê nasça saudável e livre da infecção.

Porém, sem um tratamento adequado, 15 a 30% das crianças nascidas de mães soropositivas adquirem o vírus durante a gestação, parto ou através da amamentação.

Como acontece o diagnóstico?

Através do exame de sangue (soro ou plasma) que são identificados anticorpos contra o vírus HIV - Anti-HIV. Caso o resultado do teste seja positivos, novas provas aconteceram para que haja certeza no diagnóstico.

A identificação de gestantes positivas para o HIV é fundamental para o acompanhamento pré-natal (durante a gestação) e neonatal (logo após o nascimento).

Gestantes portadoras do vírus HIV são acompanhadas durante o pré-natal pelo obstetra e infectologista. O tratamento medicamentoso com a medicação AZT diminui o risco de transmissão para o feto.

Recém nascidos de gestantes positivas para o HIV são tratados após o nascimento.
A mãe deve ser orientada a não amamentar o recém-nascido e a lactação deve ser inibida. Substitutos do leite materno devem ser instituídos.

Baixe GRÁTIS Um Livro Sobre Gravidez

Livro responde todas as suas dúvidas sobre a gravidez, o parto e o pós-parto que surgem nesta etapa tão importante da sua vida!

Pronto! Agora confira o link enviado em seu email! Confira também a caixa de spam.

21 comentários
  1. Cássia
  2. MARIANA
  3. edna nonato
  4. Gestantes.Net
  5. thatyane
  6. Bia
  7. marcele
  8. isa
  9. luanalucy
  10. Maria
  11. oivia
  12. Denise
  13. analucia
  14. nina
  15. renata
  16. ana
  17. DEBORA FRAGOSO
  18. Thais
  19. vanessa
  20. hanifa
  21. neto

Deixe um comentário