HPV na boca - sintomas, fotos e tratamento

Fala-se muito sobre os sintomas, causas e problemas do HPV nos órgãos íntimos de homens e mulheres, mas infelizmente o raio de ação do vírus não para por aí. O HPV na boca também tem alta ocorrência, e é um dos grandes responsáveis dos tumores malignos de boca e garganta. Entenda como acontece o contágio, e quais são os sintomas e o tratamento indicado para esta situação.

Como se pega HPV na boca?

O vírus do HPV tem atingido um número cada vez maior de pessoas, principalmente entre as mais jovens, chegando a atingir partes do corpo que pareciam menos propensas a serem afetadas, como a boca, por exemplo.

Mas como se pega HPV na boca? Apesar de ser majoritariamente associada às transmissões por meio das relações íntimas, o HPV na boca pode ser pego até mesmo através de um aparentemente inocente beijo. É, isso mesmo! Infelizmente até mesmo o contato entre lábios pode ser responsável pela transmissão da doença.

Além do beijo, uma dos maiores responsáveis pelo HPV na boca é a prática do sexo oral. De uma forma ou de outra, a transmissão pela boca é uma das grandes causadoras do aumento da incidência de câncer de boca e de garganta, principalmente entre as pessoas mais jovens. O tumor maligno de garganta é causado pelo HPV na boca em quase 80% das vezes.

Sintomas de HPV na boca

Assim como o HPV na região genital, o HPV na boca pode não apresentar sintomas, e a pessoa sequer desconfiar que foi contaminada pelo papilomavírus, só descobrindo mais tarde com o aparecimento de lesões indicativas da presença de um câncer. Porém, quando apresenta sintomas, o HPV na boca é similar ao contágio das demais regiões: lesões com aparência de couve-flor ou em formato de pequenas aftas ou verrugas que nunca desaparecem. Podem aparecer sozinhas ou em conjunto, principalmente na ponta e embaixo da língua, na gengiva e no céu da boca.

Outros sintomas de HPV na boca são a dor de ouvido, a dificuldade em mastigar os alimentos e engoli-los, e problemas para falar.

Tratamento para HPV na boca

E como é o tratamento para HPV na boca? Assim que descoberto ou notado, o HPV deve ser tratado rapidamente para evitar a evolução da lesão para um tumor, além de diminuir as possibilidades de transmissão. O tratamento mais recorrente para as lesões na boca são a remoção por cirurgia comum, cirurgia de alta frequência, cirurgias a laser, podofilina, eletrocauterização, aplicação de imiquimod e crioterapia. Apenas o médico poderá dizer qual é o tratamento mais indicado para cada caso específico.

Fotos de HPV na boca

Algumas imagens, com as apresentadas abaixo, podem ajudar a reconhecer e identificar as lesões do HPV na boca.

HPV na língua Lesões do HPV na boca Boca com HPV HPV na laringe

Ao sinal de qualquer lesão igual ou parecida com as das imagens acima, procure imediatamente o seu médico.

12 comentários
  1. Posted by eliana menezes
  2. Posted by majosotnas
  3. Posted by John ns
  4. Posted by debora
  5. Posted by debora
  6. Posted by maria
  7. Posted by junior
  8. Posted by Wellington Magno Ferreira
  9. Posted by Patricia machado de Sousa
  10. Posted by dayana
  11. Posted by Alexandre
  12. Posted by André souza

Deixe um comentário