Inchaço na gravidez

Geralmente no final do segundo semestre, as gestantes costumam reclamar muito do peso de suas pernas e braços. O inchaço é comum, mas pode e deve ser evitado.Isso acontece por causa de uma retenção de líquidos, normal da gravidez, que acompanha o crescimento do bebê e começa a comprimir os vasos localizados na região da bacia, atrapalhando a volta do sangue que está nas pernas.

Esse é um inchaço normal da gravidez. As mamães podem ficar despreocupadas, mas existem alguns meios de prevenção podem diminuir ou até nem deixar que o inchaço apareça:

Reduzir o sal da alimentação ameniza muito o problema. O sal ajuda na retenção de líquido e leva a um maior inchaço.

Faça caminhadas ou hidroginástica. Com recomendação médica, as praticas ajudam a aliviar esse mal.

O uso de meia elástica pode ajudar, mas são muito quentes para se usar no verão.

Eleve as pernas durante a noite, colocando-as em cima de um banquinho ou travesseiro embaixo do colchão para as pernas ficarem levemente erguidas. Isso ajuda no retorno do sangue e o sistema circulatório funciona melhor.

A mamãe deve ficar atenta se o inchaço for intenso, principalmente se afetar muito as mãos, braços e rosto, se o ganho de peso for grande, quando houver formigamento dos braços, limitação de movimentos dos dedos das mãos e dor na região da nuca. Esses são sinais de problemas renais como diabetes gestacional ou pressão alta. Essas alterações são perigosas para a mamãe e para o bebê e devem ser tratadas por um médico.

Deixe um comentário