Lei da Gestante

A mulher gestante está amparada em muitos aspectos pela nossa legislação. No Brasil existem diversas leis que garantem os direitos da gestante, desde os básicos como atendimento preferencial e assentos especiais até as necessárias licença do trabalho e salário maternidade. Conheça algumas leis, direitos e deveres da futura mamãe.

Direitos da Gestante

Entre os direitos da mulher grávida, estão os direitos sociais, que são todos aqueles que garantem à gestante atendimento em caixas especiais, prioridades na fila de bancos, supermercados, e outros estabelecimentos comerciais, acesso à porta da frente de lotações e assento preferencial no transporte público.

O sistema público de saúde deve proporcionar à grávida o mínimo de seis consultas de pré-natal, realizar exames básicos, como de sangue, urina, preventivo contra o câncer de colo do útero e anti-HIV, e receber orientações sobre gravidez, parto, pós-parto e cuidados com o bebê. Também deve receber o “Cartão da Gestante”, onde são anotadas, pelo médico, as informações sobre sua saúde e o desenvolvimento do bebê.

Lei da Gestante

Saiba quais são os direitos das gestantes no país

A gestante pode solicitar a presença de uma pessoa de confiança nas consultas de pré-natal e, no parto, ter um acompanhante. Porém, o médico tem o direito de recusar esse acompanhante, mas isso depende do quadro clínico da gestante na hora do nascimento.

A gestante deve ser consultada antes de quaisquer procedimentos médicos no parto, seja este procedimento uma simples raspagem dos pêlos pubianos ou o tipo de parto.

Para grávidas com algum tipo de deficiência, o Sistema Único de Saúde (SUS) deve promover o planejamento familiar e acompanhar de perto a gravidez, o parto e o pós-parto.

A gestante não pode ser demitida desde a confirmação da gravidez e até cinco meses após o parto, salvo casos em que a demissão é por justa causa, como insubordinação, abandono do emprego, roubo ou homicídio.

Confirmada a gravidez, é recomendável apresentar ao empregador o comprovante do exame e exigir recibo de entrega. Para as consultas de pré-natal ou exames, solicitar declaração de comparecimento para ter a falta justificada. Se o trabalho envolve risco para a saúde da mãe ou do bebê, a gestante deve apresentar atestado médico comprovando que precisa mudar de função.

A licença-maternidade é de 120 dias a partir do oitavo mês de gestação, com salário integral, até o valor limite fixado de acordo com a Resolução 236 do Supremo Tribunal Federal.

Para quem não tem renda fixa, o valor pago corresponde à média dos seis meses anteriores ao parto. Se a gestante tem dois ou três empregos, receberá dois ou três salários, correspondentes à renda anterior. Para a grávida estudante, o tempo de licença para se ausentar da escola também é de 120 dias. As atividades escolares podem ser feitas em casa e os exames finais, remarcados.

A mãe adotiva ou a mulher que estiver com a guarda judicial de uma criança para fins de adoção tem licença-maternidade de acordo com a idade da criança adotada: com até 1 ano, ganha 120 dias; entre 1 e 4 anos, 60 dias; e entre 4 e 8 anos, 30 dias. A regra salarial é a mesma para todas as grávidas.

O pai tem direito a cinco dias corridos de licença, contados a partir do nascimento do filho.

Em caso de aborto natural, a mulher tem direito a duas semanas de repouso.

Para a amamentação, a lei prevê dois descansos especiais, de meia hora cada um, durante a jornada de trabalho, até o filho completar 6 meses. O período pode ser ampliado se a saúde da criança exigir.

Nas empresas onde trabalham pelo menos 30 mulheres com mais de 16 anos deve haver creche. O espaço pode ser substituído pelo pagamento do benefício denominado auxílio-creche.

63 comentários
  1. Posted by Shantala Rocha
  2. Posted by Marcia Santana
  3. Posted by NARA
  4. Posted by Roselaine
  5. Posted by ana paula
  6. Posted by marli de matos candido
  7. Posted by alessandra
  8. Posted by maria cristiana de oliveira
  9. Posted by Isabella
  10. Posted by Debora Lemes
  11. Posted by elen cristina
  12. Posted by ana victoria
  13. Posted by Thaisa
  14. Posted by joelma
  15. Posted by Mayara
  16. Posted by luana darly
  17. Posted by alexsandra ferreira da silva
  18. Posted by karine zaghetto
  19. Posted by BRUNA CUSTÓDIO DA SILVA ALVES
  20. Posted by Vívian
  21. Posted by Dayane
  22. Posted by ROSIi
  23. Posted by mariucha
  24. Posted by samya raquel
  25. Posted by Domingos Anselmo
  26. Posted by Erica
  27. Posted by SHIRLEY
  28. Posted by LIDIANE
  29. Posted by priscila
  30. Posted by dayane
  31. Posted by cassaiane tozo aguiar
  32. Posted by Cilene
  33. Posted by Lahys
  34. Posted by maxciana
  35. Posted by sabrina
  36. Posted by Deise
  37. Posted by vanesa cristina do amaral
  38. Posted by Emerson
  39. Posted by samy
  40. Posted by lucia
  41. Posted by rose
  42. Posted by sandra
  43. Posted by kendi gomes vatanabe
  44. Posted by marlene r silva
  45. Posted by Cirlene
  46. Posted by ke
  47. Posted by AnaClaudia
  48. Posted by wilmeire
  49. Posted by flavia lima cano
  50. Posted by jyliana
  51. Posted by dulce
  52. Posted by Josimar
  53. Posted by Monique
  54. Posted by Carol
  55. Posted by ANDREZA
  56. Posted by Danielle
  57. Posted by Tatiane Ribeiro Silva
  58. Posted by dayane
  59. Posted by Carla
  60. Posted by Sabrina
  61. Posted by DAIANA