Música para bebês prematuros

Bebês prematuros  que ouvem Mozart precisa de menos cuidados médicos. Essa foi a conclusão de uma pesquisa realizada em Israel, de acordo com os médicos da Universidade de Tel Aviv, as músicas de Mozart fazem com que aconteça um ganho de peso mais rápido entre esses recém-nascidos, tornando os bebês mais fortes e menos propensos a necessitar de cuidados médicos.

Os cientistas avaliaram 30 recém-nascidos prematuros e observaram que, quando os bebês eram expostos a 30 minutos diários da música de Mozart, eles gastavam menos energia, o que fazia com que precisassem de menos calorias para o crescimento, já aqueles que não participavam dessas sessões musicais, isso não acontecia. Os autores, em um artigo publicado na revista Pediatrics, disseram que "A exposição à música de Mozart reduziu significativamente o gasto energético de repouso em recém-nascidos prematuros saudáveis. Especulamos que esse efeito da música no gasto energético pode explicar, em parte, a melhora no ganho de peso que resulta deste ‘efeito Mozart’".

De acordo com os pesquisadores, a música acalmaria os bebês, reduzindo de 10% a 13% seu gasto de energia de 10 a 30 minutos após as sessões musicais. Não está exatamente claro como a música os afeta, mas ela os deixa mais calmos e com menos chances de ficarem agitados.

celebrando_a_vida_google

Baixe GRÁTIS Um Livro Sobre Gravidez

Livro responde todas as suas dúvidas sobre a gravidez, o parto e o pós-parto que surgem nesta etapa tão importante da sua vida!

Pronto! Agora confira o link enviado em seu email! Confira também a caixa de spam.

Deixe um comentário

celebrando_a_vida_google

Baixe GRÁTIS Um Livro Sobre Gravidez

Livro responde todas as suas dúvidas sobre a gravidez, o parto e o pós-parto que surgem nesta etapa tão importante da sua vida!

Pronto! Agora confira o link enviado em seu email! Confira também a caixa de spam.