Os direitos da Gestante

Todos nós temos direitos e deveres e isso é um fato. A gestante também tem seu papel previsto em nossa sociedade e, como tal, tem seus deveres (cuidar de sua saúde para garantir o bem estar da criança que está para nascer) e também seus direitos garantidos por lei. Para ajudar a difundir essa informação existe a Rede Saúde: uma organização que está aí lutando pelos direitos de todas as mulheres na área da saúde, inclusive no momento de gravidez. A organização preparou algumas informações importantes sobre os direitos da gestante, do parto e do pós-parto.

Nas linhas de nossa Constituição Federal há uma parte que afirma que a saúde é um direito de todos nós, brasileiros, independente de cor, credo ou opção sexual. Mas acontece que muitas vezes esse direito é abertamente desrespeitado, mais uma face do pouco caso do Estado e da corrupção efetiva de nossos políticos e corpo funcional público. Mas, muitas vezes, a não assistência médica acontece porque as pessoas desconhecem seus direitos.

Eis que Rede Saúde teve a ideia de fazer uma cartilha e, em parceria com a Área Técnica de Saúde da Mulher do Ministério da Saúde, desenvolveu a tal cartilha especialmente para a gestante usuária dos serviços de saúde, para garantir os cuidados necessários nessa importante fase da vida.

Completa, a cartilha aborda também a importância do pré-natal, as vantagens do parto normal, os riscos da cesariana para a mulher e a criança, os direitos contidos na lei para a realização da ligadura de trompas e a importância da participação do pai durante todo o período que envolve a gestação.

Leia essas informações e ajude a informar outras mulheres, pois viver a maternidade com segurança, dignidade e conhecimento do que está acontecendo, é um direito de todas as mulheres.

Clique no link abaixo e faça o download gratuito da Cartilha Os Direitos da Mulher durante a Gravidez:

Cartilha da Gestante

3 comentários
  1. Posted by Thaís Dias
  2. Posted by miriam
  3. Posted by Carolina Sampaio

Deixe um comentário