Remédio para HPV

O vírus do HPV e as lesões causadas por ele no homem podem ser tratados de diversas formas, inclusive com medicamentos. Não existem medicamentos por via oral (comprimidos para HPV) que tratem os efeitos do papilomavírus humano, mas remédio para HPV tópicos e retrovirais fazem as vezes neste tratamento.

Por ser uma doença de difícil tratamento, é imprescindível que o homem não dispense o uso do preservativo nas relações, pois apesar de não barrar 100% a transmissão do vírus, ainda é um dos meios mais eficazes de prevenção. É importante também evitar situações que coloquem a saúde em risco (como manter relações com diversos parceiros), além de procurar regularmente um médico para avaliar a saúde e conversar sobre outras doenças.

Remédio para HPV no homem

Depois de constatada a lesão causada pelo HPV, o portador pode recorrer a duas formas diferentes de tratamento por remédio para HPV: ao ácido tricloroacético (conhecido como ATA), ou aos remédios imunossupressores. O ATA só é produzido mediante receita médica em farmácias de manipulação, e sua aplicação segura só pode ser feita por um médico. Em alguns casos, uma única aplicação é suficiente, mas em outros o tratamento deve ser mais prolongado.

Para pacientes que não podem utilizar o ácido tricloroacético, os médicos recomendam o uso dos remédios imunossupressores, em que a forma de aplicação depende da prescrição do especialista. Esses medicamentos agem diretamente na imunidade do paciente, estimulando o crescimento de anticorpos nas células que sofreram a infecção. As taxas de recorrência das verrugas após aplicação dos imunomoduladores são bem baixas.

Remédio para HPV

Remédio Para HPV

A aplicação desses imunossupressores (como a pomada Ixium ou o Aldara, por exemplo) deve ser feira três vezes por semana, com intervalos determinados pelo medico, durante um período de em média quatro meses.

Existem alguns medicamentos que podem ser aplicados pelo próprio paciente. Converse com seu médico se o seu caso pode ser tratado desta forma, pois só ele pode prescrever o remédio ideal e acompanhar o andamento do tratamento de maneira adequada.

Quais são os efeitos colaterais do tratamento do HPV com remédios?

O tratamento contra o papilomavirus realizado com remédio para HPV (principalmente com os ácidos) pode causar dor e irritação na área atingida pelas lesões, por isso os médicos costumam dar pausas por eles predeterminadas.

Por que tratar as verrugas?

Não se deve adiar o tratamento das verrugas íntimas, não apenas por razões estéticas, mas principalmente pelo risco de crescimento em extensão e tamanho das lesões, além do alto índice de transmissão para os parceiros.

50 comentários
  1. Posted by julio
  2. Posted by eliana
  3. Posted by eliana
  4. Posted by ALEXANDRE
  5. Posted by ALEXANDRE
  6. Posted by Paulo
  7. Posted by Paulo
  8. Posted by Paulo
  9. Posted by Paulo
  10. Posted by jessica
  11. Posted by jessica
  12. Posted by lucas
  13. Posted by lucas
  14. Posted by antonio carlos
  15. Posted by antonio carlos
  16. Posted by jacqueline
  17. Posted by jacqueline
  18. Posted by Carlos Anndre
  19. Posted by enf janu
  20. Posted by paulo
  21. Posted by roberto
  22. Posted by lucas
  23. Posted by fernando
  24. Posted by Tiago
  25. Posted by junior esteves
  26. Posted by carlos
  27. Posted by carlos
  28. Posted by lucas
  29. Posted by Rafael Rodrigues
  30. Posted by pedro
  31. Posted by ale
  32. Posted by Ellem
  33. Posted by raissa
  34. Posted by gelli
  35. Posted by josimar
  36. Posted by thais
  37. Posted by thiago
  38. Posted by saul
  39. Posted by leandro
  40. Posted by joao
  41. Posted by THYAGO
  42. Posted by THYAGO
  43. Posted by THYAGO
  44. Posted by eder
  45. Posted by Lukas
  46. Posted by wilamis
  47. Posted by Flávio
  48. Posted by luiz
  49. Posted by marinha
  50. Posted by Melissa