Tomei a vacina contra rubéola sem saber que estava grávida, o que fazer?

A vacina da rubéola trás o próprio vírus atenuado ou controlado, porém vivo, para que o organismo crie defesas contra ele. A mulher que suspeita estar grávida não deve tomar a vacina e nem engravidar nos 3 meses subseqüentes à dose da vacina tomada, pois o embrião corre risco de contaminação.

Nos primeiros 3 meses, quando os órgãos estão sendo formados, a contaminação embrionária pode ter como resultado o nascimento de uma criança com anemia, miocardite (infecção muscular cardíaca), hepatite, encefalite, surdez. A possibilidade de uma criança nascer com síndrome de rubéola congênita como conseqüência da infecção materna no primeiro trimestre é calculada entre 18% e 20%.

Dentro dos 3 primeiros meses de gestação, quanto mais cedo ocorra a infecção, maior a chance de comprometimento fetal significativo.

Caso tenha tomado a vacina sem saber que estava grávida, você deve procurar seu obstetra para uma orientação mais específica. Ele poderá te orientar efetivamente.

Boa sorte!

Baixe GRÁTIS Um Livro Sobre Gravidez

Livro responde todas as suas dúvidas sobre a gravidez, o parto e o pós-parto que surgem nesta etapa tão importante da sua vida!

Pronto! Agora confira o link enviado em seu email! Confira também a caixa de spam.

Deixe um comentário

Baixe GRÁTIS Um Livro Sobre Gravidez

Livro responde todas as suas dúvidas sobre a gravidez, o parto e o pós-parto que surgem nesta etapa tão importante da sua vida!

Pronto! Agora confira o link enviado em seu email! Confira também a caixa de spam.