Tudo sobre HPV

O que é o HPV? Como ele age no organismo? Como saber se o homem tem HPV? HPV pode matar? Tenho HPVe posso doar sangue? Essas e muitas outras perguntas sobre o HPV nós responderemos para você neste artigo.

O que é o HPV?

A sigla HPV é a abreviatura de "HUMAN PAPILOMAVIRUS",  a nomenclatura para papilomavírus humano, como é conhecido o HPV. Ele também recebe denominações como condiloma acuminado, crista de galo, cavalo de crista, jacaré de crista e verrugas em couve-flor. O vírus é capaz de provocar lesões de pele ou mucosa, e na maior parte dos casos, as lesões têm crescimento limitado. Ele pode se instalar em qualquer região do corpo, bastando haver uma porta de entrada por meio de feridas ou cortes na pele ou mucosa. Além da atacar a região íntima, ele também pode estar presente em regiões como olho, boca, faringe e vias respiratórias. Suas lesões tem formato de verruga, que crescem em grupos de quatro em média, com aparência que lembra a textura da couve-flor, por isso são comumente chamadas de crista de galo.

Como o HPV é transmitido?

A transmissão se dá principalmente por contato íntimo, mas existe a possibilidade de transmissão da mãe para o feto. Também existem estudos clínicos que demonstram a presença rara do vírus na pele, na laringe (cordas vocais) e no esôfago.

Algumas pessoas se questionam: o HPV pode matar? O papilomavírus humano em si não é letal, mas se não tratado adequadamente, pode levar ao câncer.

Tudo sobre HPV

Saiba tudo sobre o HPV em homens

Quais são os sintomas do HPV no homem?

Nos homens, na maior parte das vezes, o HPV não apresenta sintomas visíveis. Quando é visível, o HPV normalmente causa verrugas de tamanhos variáveis na região íntima, e as lesões também podem aparecer na boca e na garganta.

Como é o diagnóstico do HPV?

Nos homens, se as lesões são externas, as características anatômicas permitem que sejam mais facilmente reconhecíveis. Se não existe a presença de lesões internas, só é possível o diagnóstico por exames especializados, como a hibridização in situ, PCR (reação da cadeia de polimerase) e captura híbrida.

Como prevenir o HPV?

É indispensável o uso de preservativo nas relações para prevenir não só o HPV como também outras doenças. Porém, como a transmissão é feita não só em contato com a mucosa, mas também com a pele, ainda assim há risco de contrair o vírus.

Já para auxiliar na cura e prevenir recaídas futuras, é importante manter a imunidade alta, ou aumentar a imunidade, cuidando da saúde e da qualidade de vida.

Como é o tratamento do HPV?

Existem várias formas de tratar o HPV e conseguir se livrar definitivamente do vírus, mas para isso é essencial que o tratamento seja levado a sério até o final. A maioria delas destruirá o tecido doente e pode ser feito por:

Criocirurgia: é um tratamento feito com nitrogênio líquido, que congela e destrói o tecido alterado pelo vírus;

Laser: é utilizado em alguns tipos de cirurgia para cortar ou destruir o tecido onde estão as lesões;

CAF (cirurgia de alta frequência):  cirurgia que utiliza um bisturi elétrico de baixa voltagem e alta freqüência de corrente para remoção e cauterização da lesão;

ATA (ácido tricloroacético a 70%):  ácido aplicado pelo médico diretamente nas lesões.

Conização: um pedaço de tecido em forma de cone é retirado com o auxílio do bisturi, do laser ou da CAF;

Medicamentos:
Em algumas situações pode-se utilizar medicamentos que melhoram o sistema de defesa do organismo, como pomadas (por exemplo, o Ixium).

Quem tem HPV pode doar sangue?

Não existe nenhuma contra indicação para doação de sangue nesse caso. As doenças sexualmente transmissíveis que impedem a doação de sangue são sífilis, HIV e hepatite B e C.

6 comentários
  1. Posted by Fernando
  2. Posted by baby
  3. Posted by bruno
  4. Posted by Selma
  5. Posted by RICARDO F L CAVALCANTE
  6. Posted by stephany cirne cardoso

Deixe um comentário