Vacina HPV para homens

O HPV ainda é uma doença muitas vezes silenciosa e traiçoeira. Para evitar a contaminação do HPV em homens, os meninos com idade a partir de 11 anos são o novo alvo da prevenção.

Além de ser eficaz nas meninas e mulheres, a vacina também é eficiente nos meninos. Desde 2011 a vacina para homens, que previne verrugas genitais e câncer causados por HPV passou a ser recomendada pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Infelizmente, o Brasil caminha muito lentamente na luta contra o HPV, mas a comunidade médica vê com bons olhos a preocupação com a população mais jovem.

Vacina HPV em jovens

O HPV é uma DST muito comum e em alguns casos silenciosa, pois há vezes em que não causa sintomas. Ele é responsável por 90% dos casos de câncer de útero, mas também pode causar cânceres nos órgãos reprodutores masculinos e femininos. 75% das pessoas com vida íntima ativa adquirem o HPV em algum momento da vida. Ele é eliminado naturalmente pelo organismo de 60% delas. Nesses casos, a pessoa nem fica sabendo que teve contato com o vírus.

Vacina contra HPV

O HPV atinge em geral a população jovem de 14 a 29 anos e possui mais de 40 subtipos, sendo que alguns podem causar câncer de útero e verrugas íntimas. A recomendação da vacina para a faixa etária infantil - acima de 11 anos - levanta a questão da doença para que se discuta com mais freqüência esse mal com os jovens, já que os homens, além de poderem contrair alguns tipos de câncer, ainda são disseminadores do HPV nas mulheres.

A vacinação gratuita contra o HPV no Brasil esbarra no preço da vacina que pode chegar a custar R$ 450,00 a dose (tetravalente). Além de ser cara, são necessárias três aplicações durante seis meses para que faça efeito. Porém a Câmara Municipal de São Paulo criou o Projeto de Lei (PL) 225/2009, de autoria do vereador Francisco Chagas (PT), que obriga a Prefeitura a disponibilizar de forma gratuita a vacina contra o HPV para todas mulheres do município. Em maio de 2012, os vereadores aprovaram por unanimidade o parecer favorável do relator, e falta pouco para que o projeto vire lei. Estamos todos torcendo, pois esse será um grande passo para que os demais Estados também adotem a vacina contra HPV em seus calendários.

Segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA) são registrados 15.000 mil novos casos de HPV no país por ano. Se detectadas a tempo, as lesões causadas podem ser eliminadas, prevenindo o desenvolvimento do câncer.

30 comentários
  1. Posted by Diego Duque
  2. Posted by Eva Maria Pereira
  3. Posted by selma takahashi
  4. Posted by vanessa
  5. Posted by Izabel Eliana da silva lima
  6. Posted by Vera Maria Monteiro Macedo
  7. Posted by
  8. Posted by edson
  9. Posted by Jonnny 5
  10. Posted by herica maia
  11. Posted by Edneuza
  12. Posted by paulo ney
  13. Posted by orleane
  14. Posted by Ananda
  15. Posted by Meire Araujo
  16. Posted by Sheila
  17. Posted by Ana Oliveira
  18. Posted by Erica
  19. Posted by Danilo Garcia silva
  20. Posted by janete;
  21. Posted by gladstone
  22. Posted by Carla Daiane
  23. Posted by Léia Alves Lins
  24. Posted by Caio
  25. Posted by victor maia
  26. Posted by josi
  27. Posted by Emanuel
  28. Posted by antonio
  29. Posted by wesley vasconceloss
  30. Posted by eva maria pereira

Deixe um comentário