Corrimento Amarelo

O corrimento sempre nos deixa em sinal de alerta, afinal podem significar algo grave. Mas será mesmo que sempre que surge um corrimento ele é sinal de alguma coisa mais séria? E o corrimento amarelo, ele é mais comum que os outros, menos grave, mais grave? Vamos desmistificar e explicar algumas coisas importantes sobre os corrimentos íntimos femininos.

Corrimento amarelo

O corrimento feminino pode acontecer em razão de desequilíbrios e infecções na região íntima, que tem como causa fatores dos mais variados. Temos também uma secreção natural, que muitas vezes pode ser confundida com corrimento, e é comum em todas as mulheres. A função dessa secreção é umedecer a região íntima, e pode ficar mais intensa no período da ovulação e também antes e depois da menstruação. Porém, ela não tem cheiro forte, não causa coceira ou ardor e tem uma coloração clara. Se ela for diferente disso, é um corrimento.

Corrimento amarelado na gravidez

O corrimento amarelado na gestação na realidade pode ser sinal apenas de um aumento na produção de muco vaginal comum neste período. Porém, se o corrimento causar coceira, tiver um odor forte ou uma coloração mais escura, pode ser sinal de alguma infecção e o médico deve ser procurado imediatamente. Em hipótese alguma utilize qualquer medicamento, seja em comprimidos ou pomadas ou qualquer outro tipo, sem consultar o médico.

O que causa o corrimento amarelo?

O que causa o corrimento amarelo?

Corrimento amarelo antes da menstruação

O corrimento amarelo antes da menstruação pode ocorrer por conta do aumento dos níveis de progesterona no organismo da mulher. Para que seja considerado normal, ele deve ser claro, sem cheiro e sem causar coceiras ou outros sintomas. Em muitos casos, o corrimento amarelo que é sintoma de infecção vem acompanhado de outros sintomas, como dor durante a relação, cheiro forte e coceira, por isso fique de olho.

Corrimento amarelo claro

Um corrimento amarelo claro sem odor e sem coceira pode ser considerado comum. Ele pode ocorrer como uma manifestação comum do corpo feminino durante o ciclo menstrual. Porém, se ele for persistente e começar a ficar mais amarelado ou de outra cor, é importante procurar o médico. Algumas atitudes podem prevenir o aparecimento de corrimentos, como preferir usar calcinhas de algodão, evitar o uso de absorventes internos, não ficar por muitas horas com biquíni ou maiô molhados, evitar o uso frequente de jeans apertados ou calças de tecidos muito quentes, entre outros.

Corrimento amarelo sem cheiro

Se o corrimento amarelo sem cheiro aparecer, também é importante ficar atenta. Mesmo sem odor forte, se ele for muito amarelado ou estiver acompanhado de coceira, ardor ao urinar ou dores e inchaço, pode ser sintoma de alguma infecção íntima mais importante.

Corrimento amarelo esverdeado

Se você perceber na calcinha um corrimento amarelo esverdeado, é sinal de alerta: pode ser que você esteja com tricomoníase.

A tricomoníase é uma DST causada pelo parasita Trichomonas vaginalis, que causa corrimento de cor amarelo-esverdeada e com um cheiro bastante desagradável. Esse corrimento fétido costuma acompanhar uma coceira forte e dor ao urinar e durante as relações íntimas. O tratamento é feito à base de antibióticos.

Evite o uso de jeans muito apertados e quentes

Evite o uso de jeans muito apertados e quentes

Corrimento amarelado com odor

Seja mais claro ou mais escuro, o corrimento amarelado com odor sempre merece atenção, também. Na infecção por candidíase (ou monolíase), que é causada por um fungo, o aspecto do corrimento é de coalhada e ele pode normalmente não ter cheiro ou ter um cheiro levemente ácido ou azedo. A cor pode ser branca ou amarelada, e os sintomas podem ficar mais intensos no período pré-menstrual, quando a região íntima feminina fica mais ácida.

Já no caso das vaginoses bacterianas, o cheiro do corrimento é de peixe podre, muito típico desse tipo de infecção. A vaginose bacteriana é uma DST causada pela bactéria Gardnerela vaginalis.

Remédio para corrimento amarelo

Apenas um médico pode avaliar seu quadro e indicar o remédio para corrimento mais indicado para o seu caso. Normalmente, os tratamentos são feitos à base de antifúngicos e antibióticos, tanto por via oral quanto tópicos.

Para evitar a infecção por bactérias que causem corrimento com mau cheiro e outros sintomas desagradáveis, use sempre preservativo durante as relações, evite ter múltiplos parceiros, e se perceber que está com corrimento, não tenha relações enquanto não for ao médico, evitando assim a transmissão para o seu parceiro.

Baixe GRÁTIS Um Livro Sobre Gravidez

Livro responde todas as suas dúvidas sobre a gravidez, o parto e o pós-parto que surgem nesta etapa tão importante da sua vida!

Pronto! Agora confira o link enviado em seu email! Confira também a caixa de spam.

66 comentários
  1. Elisangela
  2. Rayane Lima
  3. Rayane Lima
  4. Regivaniasouza
  5. juliana
  6. Ly
  7. Beatriz
  8. Jennifer
  9. anne
  10. Fernanda
  11. Rosângela
  12. ana
  13. Talita
  14. cyntia Rodrigues
  15. Alcione
  16. evelin
  17. Eurivania Alves
  18. marilza ramos
  19. Renata Lima
  20. Luana Sousa
  21. Julianna
  22. Maria Aparecida Souza
  23. CarolPrestes
  24. Juliany
  25. erika santos
  26. Déborah
  27. Karol
  28. Shirley
  29. Lohayna oliveira
  30. Lohayna Santos
  31. Thays
  32. lucia
  33. Mafalda
  34. Raila
  35. ana paula
  36. barbara lima
  37. gilsiane soster
  38. ana
  39. leid
  40. Tayna
  41. Marcia
  42. Cinthia
  43. Analia
  44. lanny
  45. Erika
  46. jecicleia kezia
  47. Clarisse
  48. Mônica
  49. renata
  50. Aline
  51. maria jose
  52. Katia
  53. Pereira
  54. Ludimila
  55. Ludimila
  56. luciane
  57. Amanda
  58. Micaelly
  59. Thais
  60. Bia
  61. Priscila
  62. Simone
  63. larissa
  64. INDIANA
  65. Keila Silva
  66. Luciana

Deixe um comentário